Passar para o Conteúdo Principal Top
Ponta Delgada
Câmara Municipal de Ponta Delgada
Câmara Municipal de Ponta Delgada Porta de Futuro
  • facebook
  • youtube
  • instagram
  • twitter
Hoje
Máx C
Mín C

Maria José Lemos Duarte congratula-se com início da demolição das Galerias mas lembra que “processo não terminou”

Maria José Lemos Duarte congratula-se com início da demolição das Galerias mas lembra que “proces...
12 Fevereiro 2021

A Presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada congratulou-se com o início das obras de demolição necessárias à requalificação das Galerias da Calheta, já na próxima segunda-feira, dia 15 de fevereiro, mas frisou que “compete ao promotor da obra e ao Governo Regional fazerem também a sua parte, cumprindo o que falta fazer”.
“A demolição é o princípio de um processo que ainda não terminou e no qual continuam a ter responsabilidades, quer o promotor da obra – ASTA e Fundo Discovery-, quer o Governo Regional dos Açores, que tem obrigações de execução e de fiscalização no âmbito da concessão feita à ASTA”, afirmou Maria José Lemos Duarte.
A Presidente falava à saída da reunião, hoje, no Palácio de Santana, com o Presidente do Governo Regional, José Manuel Bolieiro, e com administradores da Asta.
Para Maria José Lemos Duarte, o reconhecimento pelo dono da obra das suas obrigações e o respeito pela ordem de demolição por conta da Asta, cuja decisão a autarca saudou, “constitui um bom augúrio para o início da resolução de um problema inadiável” que se “arrasta há vários anos com prejuízo para todos”.
“É ponto de honra para a autarquia que aquele lugar de interesse histórico seja dignificado e devolvido à população de Ponta Delgada. A cidade e os seus munícipes merecem respeito e dignidade. As partes aqui envolvidas têm de consensualizar uma utilização para aquele espaço no pressuposto de o devolver à população e à cidade”, afirmou a autarca.
Maria José Lemos Duarte lembra que a resolução das galerias da Calheta Pêro de Teive “foi uma das minhas bandeiras para este mandato”, agradecendo, por isso, “ao executivo que me acompanhou nesta prioridade e aos colaboradores da CMPD que trabalharam para a sua prossecução e continuarão a trabalhar na fiscalização do cumprimento das obrigações em causa”.
“Aqui, o nosso trabalho está feito, com sentido de missão cumprida a bem da cidade, de quem cá vive e daqueles que queremos bem receber”, acrescentou, “felicitando o apoio de todos os munícipes que se juntaram a nós e a quem se movimentou no sentido de juntar esforços a bem de Ponta Delgada”.
“Honrar o meu compromisso com os munícipes e a cidade é o meu dever. Neste caso, posso afirmar estar de missão cumprida”, concluiu a Presidente da Câmara.