Passar para o Conteúdo Principal Top
Ponta Delgada
Câmara Municipal de Ponta Delgada
Câmara Municipal de Ponta Delgada Porta de Futuro
  • facebook
  • youtube
  • instagram
  • twitter
Hoje
Máx C
Mín C

Espetáculo solidário por Moçambique junta mais de 3 mil euros

Espetáculo solidário por Moçambique junta mais de 3 mil euros
18 Maio 2019

No espetáculo “Todos Solidários. Moçambique Precisa. Ponta Delgada apoia”, que teve lugar ontem no Coliseu Micaelense, foram angariados 3.352 euros, entre a receita de bilheteira e os donativos espontâneos.
O “cheque” foi entregue pelo Presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada, José Manuel Bolieiro, à Presidente da Comissão Administrativa da Delegação da Cruz Vermelha de São Miguel, Manuela Ferreira.
Na ocasião, o edil expressou o seu orgulho pelo “contributo” e “espírito solidário” dos artistas e do público que se juntou a esta iniciativa.
Um evento que, no seu entendeu, apresentou-se como um “caleidoscópio de talento e de arte” e “foi representativo da nossa atitude e alma”.
“Faz de nós alguém com atitude, que faz bem aos outros, a quem precisa”, apreciou, lembrando que “num dia ajudamos, no outro dia podemos necessitar de ajuda”.
O Presidente agradeceu penhorado “a todos os que deram corpo” ao espetáculo, nomeadamente aos artistas, ao apresentador Vasco Pernes e à equipa técnica e de produção, e pediu um aplauso pelo talento e sobretudo pelo espírito solidário de todos aqueles que abrilhantaram o evento.
Bolieiro também dirigiu uma palavra de apreço ao público, à Vereadora da Cultura, Maria José Duarte, e à Cruz Vermelha, “agente de confiança que fará chegar o nosso humilde contributo a Moçambique”.
Manuela Ferreira, por seu turno, parabenizou a Câmara Municipal de Ponta Delgada pela iniciativa e agradeceu a todos o contributo. Afirmou ser uma honra receber este contributo e agradeceu a confiança depositada na Cruz Vermelha.
O espetáculo solidário, idealizado e promovido pela Câmara Municipal de Ponta Delgada com o apoio do Coliseu Micaelense, reuniu vários artistas regionais: Banda da Zona Militar dos Açores, Cavaleiros da Távola dos Queijos, Coral de São José, Escola de Violas da Relva, Estúdio 13 – Espaço de Indústrias Criativas, Luís Alberto Bettencourt, Luís dos Anjos e Sofia Anjos, Maria Amélia Lopes, Músicas do Mundo (Pilar Silvestre, Luís A. Bettencourt e Paulo Bettencourt), Rancho Folclórico de Santa Cecília da Fajã de Cima, Stereo Mode, Tunídeos – Tuna Masculina da Universidade dos Açores e Vânia Dilac & The Soulmates .
Música, dança e poesia compuseram o espetáculo apresentado por Vasco Pernes.
Recorde-se que a passagem do ciclone Idai por Moçambique devastou territórios inteiros e causou centenas de mortos, sendo descrita, pelas agências internacionais de ajuda humanitária, como o pior desastre no sudeste da África em duas décadas.