Passar para o Conteúdo Principal Top
Viver Ponta Delgada
Câmara Municipal de Ponta Delgada
Câmara Municipal de Ponta Delgada Porta de Futuro
  • facebook
  • youtube
  • instagram
Hoje
Máx C
Mín C

Reciclagem e conselhos práticos

O concelho de Ponta Delgada, com cerca de 68000 habitantes, é uma gotinha no oceano da população mundial. Todavia, os pequenos gestos, das pequenas comunidades, são determinantes no todo global.

Minimizar o desperdício e a quantidade de resíduos produzidos e maximizar os recursos endógenos e o património natural, não exigem um grande esforço de todos nós. Aqui estão algumas dicas para que na sua casa, no trabalho, ou em lazer, contribua com um gesto simples para o bem de todos nós.

Tanto lixo na sua casa?
  • Em casa ou no seu local de trabalho separe o lixo produzido, os materiais que constituem o lixo são matéria-prima para a produção de novos produtos;
  • Sempre que possível adquira bens reutilizáveis (canetas, pilhas, detergentes, tinteiros para impressora);
  • Prefira produtos não embalados, recarregáveis ou que tenham embalagens reutilizáveis ou recicláveis;
  • Evite as embalagens descartáveis;
  • No supermercado escolha produtos com menos embalagens; prefira produtos com embalagem familiar a produtos com embalagens individuais; exemplo, adquira um garrafão de 5 litros de água em vez de 4 garrafas individuais.
  • Evite utilizar os sacos plásticos fornecidos pelos estabelecimentos comerciais; um saco de plástico demora 1 segundo a produzir e 500 anos a decompor-se;
  • Escolha produtos com baixos teores de poluentes, como as pilhas de baixo teor de mercúrio e cádmio;
  • Doe roupas, livros, brinquedos, computadores ou outros bens que já não usa, mas que ainda se encontram em bom estado;
  • Entregue os medicamentos fora do prazo, ou que já não utiliza, numa farmácia.
Poupe água!
  • Reutilize, sempre que possível, parte da água que usa: utilize água da chuva para lavar o carro ou regar;
  • Evite lavar o automóvel com mangueira gastará cerca de 600l de água; se usar um balde e uma esponja ficará pelos 60l.
  • Não deite pelo cano abaixo restos de óleo, vernizes ou tintas: um litro de óleo torna imprópria até 1000 m3 de água;
  • Feche as torneiras enquanto lava os dentes ou faz a barba; poupará entre 10 a 30 litros de água;
  • Instale chuveiros, torneiras e autoclismos economizadores na casa de banho; em alternativa, coloque no autoclismo uma garrafa cheia de areia para diminuir a capacidade do mesmo;
  • Prefira os duches aos banhos de imersão;
  • Use detergentes com baixos níveis de fosfatos e biodegradáveis, nas doses recomendadas pelos fabricantes;
  • Ligue e máquina de lavar, roupa ou louça, apenas quando estiver cheia;
A conta da luz, do gás e do combustível está cada vez maior?
  • Lave a roupa, a louça e passe a ferro nos períodos económicos de uso de eletricidade;
  • Evite utilizar o secador de roupa;
  • Use as máquinas de lavagem apenas com a carga máxima e nos programas a baixas temperaturas;
  • Descongele regularmente o congelador, pois a presença de gelo nas paredes implica o aumento de consumo de energia;
  • Evite comprar eletrodomésticos desnecessários como facas, abre-latas e descascadores elétricos, máquinas de fazer sumos, etc;
  • Ao comprar um eletrodoméstico tenha em conta a sua eficiência energética; um eletrodoméstico de classe A, embora mais caro, é poupança de electricidade ao longo do tempo;
  • Desligue a TV, em stand-by é consumido ¼ da energia;
  • Escolha menos lâmpadas de maior potência; uma lâmpada de 100 W consome o mesmo que 4 de 25, mas emite quase o dobro da luz;
  • Prefira os transportes coletivos ao transporte individual, circule a pé, de bicicleta, ou de patins, assim poupará no combustível e contribuirá para a sua saúde.

Para mais informações consulte o Guia de Boas Práticas – Um dia de consumo sustentável, em www.lipor.pt